Segunda-feira, 11 de Maio de 2009

VERGONHA NO BESSA!

Ontem uma vez mais o Boavista perdeu á custa de erros do arbitro. Aonde está a chegar o futebol português? Resultados feitos na secretaria para favorecer outros clubes? Um golo em fora de jogo clarissimo ( 89 minutos ) e um penalti roubado ao Boavista no periodo de descontos. Herminio, tu e os outros senhores da Liga feitos com os arbitros de futebol e etc querem acabar a todo o custo com o Boavista, mas mentalizem-se que o Boavista está na alma e no coração de cada boavisteiro, por isso ele nunca vai morrer porque são 105 anos de história. Somos o 4º grande seu palhaço. 1 campeonato de futebol, 5 taças de Portugal, supertaças, meia final da UEFA e não sei quantos mais titulos e isto só no futebol porque se fossemos a contar com as outras modalidades tinhamos uma longa lista. Achas que consegues acabar com o nosso nome palhaço?

 

O Boavista é conhecido por ter uma das melhores Escolas de Formação de Portugal. Nos últimos anos, o clube tem formado inúmeros jogadores que agora são titulares nas melhores equipas de Portugal, no próprio Boavista, ou até em equipas estrangeiras. Muitos são presença constante nas Selecções Nacionais, tanto nos AA como nas Selecções Jovens. João Vieira Pinto, Petit (1. FC Köln), Nuno Gomes e Ivan Santos (Benfica), Ricardo Costa (VfL Wolfsburg), Raul Meireles e Pedro Emanuel (FC Porto), Diogo Valente (Leixões Sport Club), Bosingwa (Chelsea), Almani Moreira (Partizan), Ricardo Silva, Mário Silva, Paulo Sousa, Sergio leite, Jorge Silva e Hugo Monteiro (Boavista FC), Litos (Red Bull Salzburg), Pedro Oliveira (FC UTA Arad) são alguns dos mais recentes jogadores formados no Boavista FC que obtiveram sucesso na sua carreira futebolística.  

 

Isto não te chega Herminio? Então pega lá um bocadinho de historia do grande Boavista!

 

A história mostra-nos que o “The Boavista Footballers”, a primeira versão do clube, fundada a 1 de Agosto de 1903, equipava de camisa preta e calção preto e era o orgulho de alguns jovens ingleses e portugueses, moradores no bairro da Boavista, que ganharam a paixão pelo futebol ao observarem as partidas disputadas pelos mestres e técnicos ingleses da Fábrica Graham.

Dois dos jovens, Harry e Dick Lowe, receberam do pai uma bola importada da Inglaterra e, encontrado os companheiros e o terreno adequados, lançaram as bases para a criação do clube. A Influência inglesa na colectividade recebeu “sentença de morte” em 1909, quando alguns dos jogadores britânicos, respeitando os preceitos da Igreja anglicana, se recusaram a jogar aos domingos. Reuniram-se então os sócios para resolver a situação, naquela que se pode considerar a primeira assembleia geral. A votação foi claramente a favor dos jogos ao domingo e o rosto da Direcção do clube alterou-se, passando a ser composta por portugueses. Em 1910, o Boavista Footballers desapareceu para dar lugar ao Boavista Futebol Clube.

Em 1911 foi inaugurado o campo do Bessa e o clube começou a viver dias de expansão, interrompida poucos anos depois. A I Guerra Mundial teve início em 1914 e o Boavista viu partir os jogadores ingleses para defenderem a pátria, dos quais alguns não voltaram a ser vistos. As camisolas voltaram a assunto do dia nos anos 20, com o aparecimento do calção branco, mas ainda não seria desta que a equipa encontrava a sua identidade. A nova década trouxe ventos de bonança e o clube ampliou o número de modalidades e intensificou a actividade internacional, disputando vários jogos com clubes estrangeiros que demandavam ao Porto, casos do Real Madrid, Celta de Vigo ou Vasas de Budapeste. E os jogadores boavisteiros passaram a ser chamados à selecção, como o guardião Casoto e o defesa Óscar de Carvalho.

 

O dia 29 de Janeiro de 1933 é como um segundo nascimento da colectividade. O Boavista bateu o Benfica por 4-0, na estreia do equipamento axadrezado, do novo emblema (o actual) e, sobretudo, dos jogadores profissionais, pois foi a primeira equipa a aderir à profissionalização, feito que lhe valeu uma suspensão de um ano.

 

Leste Herminio? Primeira equipa a aderir ao futebol profissional, que hoje te dá dinheiro para a tua familia poder comer.

 

Mas agora basta de historia e passemos á musica. Herminio Loureiro, vou-te deixar aqui a letra do nosso hino, que não é só um simples hino mas sim toda a entidade do nosso clube! Aprende-o porque espero um dia ouvir-te a canta-lo.

 

Boavista, Boavista,
É do Porto muito amado;
Tem distintivo bairrista
Preto e branco axadrezado.
E no estádio a multidão,
Quando ele entra na pista,
Rompe nesta saudação:
Boavista! ... Boavista! ...

Luta sempre com vigor,
É brioso e é leal;
No prélio põe todo o ardor
De princípio até final;
No seu vibrar sempre amigo,
No seu porte sem igual,
Ama o estandarte querido,
Prestígio de Portugal!

Vamos em frente
Pela bandeira
Vê-la fulgente
E altaneira,
Ser desportista
Puro Ideal,
P' lo Boavista! ... Arraial, arraial, arraial!

 

 

BOAVISTA HOJE, AMANHÃ, SEMPRE E ATÉ DEPOIS DA MORTE!

PANTERAS NEGRAS DE MATOSINHOS

 


publicado por pnmatosinhos84 às 21:34
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De ANDRE MATOSINHOS a 11 de Maio de 2009 às 22:31
EM GRANDE BOAVISTA PARA SEMPRE..BOAVISTA PARA ALEM DA MORTE


JAMASIS DESISTIR
PRONTO PO QUE DER I VIER


Comentar post

->BITAITES

->Próximo Jogo

PADROENSE FC - BOAVISTA FC 16H ESTÁDIO DO PADROENSE! CONCENTRAÇÃO 15H METRO SENHORA DA HORA! VEM APOIAR!

->BOAVISTEIROS

free counters

->arquivos

-> Junho 2010

-> Maio 2010

-> Abril 2010

-> Março 2010

-> Novembro 2009

-> Maio 2009

-> Abril 2009

-> Março 2009

-> Fevereiro 2009

-> Janeiro 2009

->tags

-> todas as tags

->links

->pesquisar